• (85) 3281-1085
  • secfin.iesh@gmail.com

ESSÊNCIA

COMPARTILHAMENTO

Olhar!

ESSÊNCIA

do olhar nasce o coração

 

Quando o olhar enxerga Verdade, nasce a Inocência.

Um coração grande se alarga e transborda, em amorosidade gratuita e incondicionalmente, porque o olhar não enxerga maldade nem cheiro de injustiça ou falsidade. Baixa a guarda da imagem de força e respeito, porque ninguém está contra nós, e flui o Amor que se entrega e confia, como o menino confia no outro menino.

 

Quando o olhar enxerga Amor, nasce a Ação Certa.

A presença atenta e ativa e dinâmica, capaz de falar e fazer o que é certo e  bom, no momento oportuno, porque o olhar enxerga que tudo o que vem de dentro de nós é bom e amoroso e tem valor. O olhar distraído volta à presença diligente no aqui e agora é a autoestima cresce porque Amor é Valor... e o Amor flui em ação generosa.

 

Quando olhar enxerga Perfeição, nasce a Serenidade.

A capacidade se saborear a paz - um estado de serenidade e relaxamento e bem estar, leve e suave, prazeroso como o brincar, porque o olhar enxerga que tudo está perfeito do jeito que está e dentro do Amor as imperfeições são acolhidas e tudo o que acontece, acontece para melhor.

 

Quando o olhar enxerga Providência, nasce a Liberdade e a Humildade.

Curtir o Amor gratuito e incondicional, à disposição e em abundância, acessível dentro de nós, como terra fértil capaz de gerar coisa boa permanentemente e em abundância, porque o olhar enxerga que existe uma Vontade Divina que Providência tudo o que precisamos e dá a cada um segundo as suas necessidades.

 

Quando o olhar enxerga Esperança, nasce a Veracidade.

Um brilho interior, um prazer de verdade e de raiz, que nasce de dentro e do nada, que não depende de nada e de ninguém,  nem de plateia e permanece  por ser autêntico, porque o olhar enxerga que tem Alguém por trás de tudo o que acontece, gerando harmonia porque o universo conspira a favor do bem, alimentando a Esperança  como certeza que algo bom acontece gratuitamente e eu mereço acolher e saborear. 

 

Quando o olhar enxerga a Origem, nasce a Equanimidade.

Ter a alma saciada, inteira e repleta, no equilíbrio emocional de  satisfação e completude, onde nada falta e o Amor Transborda a partir do coração, porque o olhar enxerga a Origem de onde vimos e o Valor único que daí nos vem e nos torna pessoas especiais com dons únicos e jeito único de expressá-los.

 

Quando o olhar enxerga Transparência, nasce a Liberalidade.

Um coração imenso transbordando energia amorosa de afeto e ternura, que de tão  intensa e abundante, não dá mais para conter, porque o olhar enxerga Amor presente e transparente, em quantidade e intensidade sem fim, dentro de nós e por isso podemos deixar fluir livremente o Amor capaz de gerar vida em abundância.

 

Quando o olhar enxerga Fé, nasce a Coragem.

A capacidade de confiar e seguir a voz do coração, viver a partir da intuição sagrada,  na confiança e na espontaneidade, porque o olhar enxerga que dentro de nós tem Alguém maior do que nós, segurando nosso coração pela mão e sustentando a autoconfiança.

 

Quando o olhar enxerga o Plano Divino, nasce a Temperança.

Um prazer sereno é suficiente, capaz de dar gosto à vida e a tudo que se faz, estando feliz no aqui e agora, porque o olhar enxerga que fazemos parte de um Projeto Divino e dentro dele a nossa vida tem sentido e nele temos uma missão e aí encontramos o prazer sem fim.

 

 

    Domingos Cunha